anjinha_pensamentos livres...: Maio 2012

Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. A música embala, as artes visuais animam, as artes vivas (como a dança e a arte de representar) entretêm. A primeira, porém, afasta-se da vida por fazer dela um sono; as segundas, contudo, não se afastam da vida - umas porque usam de fórmulas visíveis e portanto vitais, outras porque vivem da mesma vida humana. Não é o caso da literatura. Essa simula a vida. Um romance é uma história do que nunca foi e um drama é um romance dado sem narrativa. Um poema é a expressão de ideias ou de sentimentos em linguagem que ninguém emprega, pois que ninguém fala em verso.

Fernando Pessoa

sábado, 26 de maio de 2012

Um instante - Anjinha


Um instante apenas é o que peço
Menina doce e gentil dama
De olhar atrevido,
Que me enfeitiçou.
Sem querer
E sem porquês...
Provocando
Um desejo incontido,
E Sensações
Que me fazem sonhar
E manter as chamas aquecidas,
E uma vontade louca de ter você perto de mim.

Um instante apenas,
Vem comigo!
Fecha os olhos
Esquece o medo!
Você mexe com meus sentimentos,
Vem segura na minha mão e
Deixa-me te provar
Com carinhos e beijos
A falta você me faz.

Vem!
Um instante e nada mais.
Esquece o passado,
Os erros antigos,
Não há crimes
Só essa saudade bandida
Que é o maior dos castigos.

Um instante.
Vem e escuta-me
Deixa as lágrimas esquecidas
Fecha os olhos,
Ouve minhas palavras
Saem do coração
E para ti são escritas.

Um instante,
Um minuto,
Meu corpo chora a tua ausência.
Vem por um momento
Ouve-me, pois,
Pensei que saberia não desejar você.
Permite que meus sonhos loucos
Case-se com tua lucidez
E assim em teus braços recupere minha essência.


Anjinha

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Teu amor... - Anjinha

Teu amor entrou em minha vida
Abrindo uma janela
Derrubou os antigos retratos
Que nas paredes estavam pendurados.

Teu amor desarrumou os papéis guardados
Fazendo-me perder a calma.
Trouxe o perfume das rosas
Esquecidas
Em algum canto do pensamento.

O brilho desse amor ecoa em minha alma
Misto de loucura e paixão,
Farol incandescente a iluminar
O mar revolto que segue destruindo barreiras erguidas
E levando-nos ao desconhecido.

Amor que nos deixa livre para sonhar e
Transpor antigas ideias
Na segurança de nossos abraços.
Momentos de sedução e magia
Puro encantamento
Cumplicidade difícil de encontrar.

O teu amor entrou em minha vida
Trazendo ondas de felicidade.
A tranquilidade pretendida,
Teus olhos refletem
Um mar de promessas silenciosas
E nunca esquecidas.
Sútil entrelace de almas
Em momentos há tanto desejado.

Assim que você entrou em minha vida
Fui enlaçada por sonhos de amor e ternura
Então soube que a batalha
Estava irremediavelmente perdida
Com um sorriso nos lábios
E o brilho nos olhos nunca vistos
Ao teu amor entreguei-me rendida.

Anjinha

terça-feira, 22 de maio de 2012

Dois corações - Anjinha


Dois corações que se cruzam
Cúmplices de uma loucura;
Dois amantes
Corações apaixonados,
Cúmplices no desejo e
Pela distancia separados.

Dois corações,
Cúmplices em um sonho.
Dois amantes
Cúmplices na paixão.
Dois corações sem medo.
Cúmplices e a vontade
Na luta da fantasia
Contra a realidade.

Dois corações enamorados
Cúmplices de um sentimento,
Que cresce fora do alcance das mãos
Amor distante que pulsa
Dentro do coração.


Anjinha

sábado, 19 de maio de 2012

Emoção indefinida - Anjinha


Emoção indefinida.
Passado que condena.
Ecos no silencio.
E gritos sem respostas.

Emoções indefinidas.
Os segundos e minutos me consomem.
Percebo que o tempo está contra mim.
Te sinto tão perto.
Que posso até tocar-te com o pensamento.

Emoção indefinida
Não sou perfeita,
É difícil entender,
Mas, também não sou o problema.
É complicado aceitar,
A falta que sinto de ti.

Emoções indefinidas
Faces marcadas,
Por noites mal dormidas.
As imperfeições tão acentuadas,
Em brigas desnecessárias.
E o tempo perdido,
Roubado e nunca esquecido.

Emoção indefinida.
Essa tal saudade,
Que fez cada sorriso teu
Ser guardado por mim
E na fantasia dolorida,
Guardar os doces sonhos de te ver ainda.

Emoções indefinidas.
E as palavras calam.
As fotos tuas nunca esquecidas.
As fantasias dessa vida linda.

Emoção indefinida
Com lágrimas e
Olhares de carinho
Corações entregues por inteiro.
A lembrança repartida,
Levada por todo o caminho
As Juras a embalar o travesseiro.

Anjinha

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Pele - Anjinha


Almas desnudas,
Encontro de paixões,
Amores alucinados
Beijos apaixonados.
Sem pensar entrego-me


Aos teus jogos
E desejos.

E entre quadro paredes
Quero satisfazer cada um de teus sonhos.
Sorrisos e trejeitos de menina faceira
Desnudando minha alma apaixonada
Sem pensar entrego-me
Por livre vontade, viro prisioneira.

É química,
É pele,
É loucura...
Basta um olhar
E tudo incendeia...
Entrego-me sem pensar...

Com carinho e doçura
Vou a tua boca beijar.
E nos teus braços ser acariciada,
E sentir o teu corpo envolvente
Seus gemidos lascivos
Ao pé do ouvido.
Sentir teus arrepios
Convite aberto ao prazer
Desejo insano
Nossos lábios,
Adocicados com mel...

Amor atrevido,
É coisa de pele
É pura entrega,
Que liberta o desejo escondido.
Sem raciocínio
É loucura...
Teus braços se abrem,
E eu me encaixo
Perdemos os sentidos...

Entre quatro paredes,
No amor, tudo é permitido...
Tua boca em meu corpo, as mãos,
Agarradas a minha cintura,
Para sentir minha pele na tua, quente e,
Queimando de prazer...
Esqueço tudo,
O mundo.

Suspiros ardentes
Cumplicidade única
E nada mais importa.
Louco amor,
A ti me entrego,
Amantes apaixonados
Gritos de prazer...
Silêncio, e,
Corpos suados.
Instantes infinitos,
Mãos entrelaçadas,
Beijo molhado
E Amor vivido.

 Anjinha

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Presente para meu amor - C & S


Amor,

Eu gostaria de agradecer de todo o meu coração a você, por todo o apoio e carinho que tens tido comigo nesses momentos difíceis pelos quais venho passando e pude em todos os instantes ao quais precisei contar sempre com você.
Quero expressar nessas ‘mal traçadas linhas’ como diz a música, todo o meu amor e carinho, são palavras que saem de dentro do meu coração e de minha alma. Em cada gesto teu, em cada uma de tuas palavras e com o carinho que você me trata, tudo isso junto me fazem acreditar cada vez mais no amor verdadeiro – sim, ele existe e somos prova disso – é tão bom sentir seus carinhos, seus beijos, sua compreensão, sua atenção. É tão bom estar apaixonada – e ser correspondida na mesma medida, nem mais, nem menos, apenas igual – por uma pessoa tão maravilhosa como você.
Todas as suas qualidades como pessoa, as de namorada – única e maravilhosa -, tua humildade, o coração simples e generoso que faz o bem as pessoas sem pensar ou desejar algo em troca, são tantos atributos que me deixam ainda mais apaixonada por você.
Obrigada do fundo do meu coração por tudo o que tens feito por mim.
EU TE AMO!!!!!!
E que possamos completar muitos e muitos anos juntas, e como diz a música ‘que seja eterno enquanto dure, que dure para sempre e que seja abençoado por Deus, que seja diferente...’

TE AMO ESTRELINHA 

 C & S

# Essa é uma declaração de uma querida e grande amiga para sua namorada, elas estão comemorando aniversário de namoro, e minha amiga resolveu presentea-la com essa declaração postada no blog.
Espero que as duas continuem unidas e felizes por muitos e muitos anos, pois, elas são pessoas maravilhosas e merecem tudo de bom!!!!
Parabéns meninas....

Labirinto - Anjinha


Sinto-me em um labirinto.
A procura de respostas,
Confusa,
Me encontro perdida,
E sem palavras.

Triste sina,
Sigo errante pelos caminhos
Que me apresenta a vida.
Sigo por entre rotas
Labirinto sem saída,
Sem entendimento
Vou por lugares desordenados,
Em busca de solução para os
Achados e perdidos
Que emaranhados estão.

Contraditórios ficam os sentimentos
Vejo-me num enredo ardente, pois,
Tomaste para ti todos os meus pensamentos.
Seqüências são formadas
Num labirinto de afetos esquecidos
E tantas vezes relembrados.

Emoções embaraçadas,
Assaltam-me o coração.
Já não sei o que é sonho
Ou realidade.
Diante de ti fico paralisada,
Ressurgem os sonhos apagados
E os desejos engavetados na memória.

Metade de mim entregue ao impulso
De olhar em teus olhos
E deixar-me cair num mundo
De as carícias e emoções prometidas.
Dar e receber beijos,
Que nos fazem flutuar
Colocando nossos corpos em movimento,
Num transbordar de paixão e loucura.

Anjinha

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Entrega Ardente - Anjinha



Corpos em brasas,
Em um fogo ardente entre caricias e afagos
Provocadas por tuas mãos que loucamente
Viajam pelo meu corpo
Transmitindo sensações alucinantes,

Corpos ardentes de paixões,
Numa completa e total ebulição.
Beijos extasiantes,
Prenúncios da perda de pudores,
Variações de cheiros e
Um sem numero de multi-sabores
Todos lançados ao ar.

 Sabores e cheiros variados,
Corpos ardentes em busca
Do gozo duradouro e prolongado.
Corpos unidos,
De preconceitos desnudos,
Num instinto que conduz
Do prazer carnal ao sentimento forte e inquietante
Por amor denonimado.

Fantasias exploradas,
E desejos saciados num cúmplice envolvimento.
Dois corpos em uma dança lancinante,
Gemidos e sussurros soltos no ar.
Seduzidos pela luxuria e o prazer.
Peles em arrepios,
E marcadas,
Aquecidas com o calor
Dos corpos entrelaçados,
Em uma união perfeita
Momento sequer antes imaginado.

Murmúrios indescritíveis,
Sentimentos conflitantes,
É Paixão e volúpia,
Caricias ardentes
Alternada por momentos
De sedução e loucura
Desejo cadenciado
Por corpos ardentes
Em espasmo e descargas
Deliciosamente prazerosa
Provocados por toques
E por ambos os corpos espalhados.

Corpos em desejo
Perfeitamente criados
Para o amor em plenitude
Para a busca de um sentimento mais forte e amplo.
Corpos saciados,
Totalmente explorados e febris
Na procura do orgasmo infinito,
Só encontrado no fogo
Da entrega de dois corpos em amor.

Anjinha